Amor de Puta – Você namoraria com uma garota de programa?

237

Conhecida como a profissão mais antiga do mundo, a garota de programa, sempre mexeu com o imaginário masculino. Fascinados e atraídos, muitos homens chegam a se relacionar com elas, em alguns casos, de forma bastante séria.

O mais conhecido deles foi de Raquel Pacheco. A garota de programa, conhecida como Bruna Surfistinha, se envolveu com um cliente, com que veio a se casar e, por consequência do relacionamento, abandonou a profissão.

Outro caso bastante conhecido, só que no universo ficcional da literatura, é de João Maurício, personagem principal da obra Amor de Puta (Sensus), escrito por Ricardo Daumas. No livro, João se vê obrigado a mudar para São Paulo, em consequência do seu emprego. Instalado em um Flat em Moema, o homem se envolve com uma encantadora vizinha, que descobre mais tarde ser garota de programa.

Apesar do assunto se tornar mais “comum”, o psicólogo Ailton Amélio da Silva (professor da Universidade de São Paulo), em matéria publicada pelo portal UOL, afirma que namorar uma garota de programa exige uma estrutura psicológica muito grande: “O sexo já é um tabu na sociedade por si só, ainda mais se a pessoa tem a atividade como profissão. Se alguém tem interesse em levar adiante este tipo de relacionamento, deve estar ciente de que sofrerá enormes dificuldades sociais”.

Amélio também alerta para outra questão, que costuma assombrar a cabeça dos homens: “O que automaticamente atrapalha esse tipo de relação é o ciúme, que é absolutamente natural nestes casos. O homem, geralmente, gosta de possuir, de ser exclusivo. Entender que a sua namorada ou esposa fará sexo com diversos outros homens e levar a questão com serenidade exige muito equilíbrio. Não é fácil conviver com o fato sem que isso seja uma tortura”.

Você namoraria com uma garota de programa?
Você namoraria com uma garota de programa?
loading...

você pode gostar também Mais do autor

Comentários