Brasileirão | Confira os resultados da 14ª rodada

Grêmio bate a Ponte e reduz distância para o líder e São Paulo segue no Z4

A tarde de domingo (16) reservou fortes emoções com o Brasileirão. Pela 14ª rodada da competição, cinco partidas foram disputadas no horário das 16h (de Brasília). O grande vencedor foi o Grêmio-RS, que bateu a Ponte Preta-SP por 3 a 1 e diminuiu a distância para o líder Corinthians-SP. Atlético-MG e Chapecoense-SC também levaram a melhor em seus respectivos jogos. O Galo bateu o Atlético-GO, de virada, por 2 a 1, e o Verdão do Oeste fez 2 a 0 no São Paulo-SP. Cruzeiro-MG e Flamengo-RJ empataram em 1 a 1, e Vasco-RJ e Santos-SP não saíram do 0 a 0.

Na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), o time da casa viu a Ponte Preta sair na frente. Aos 34 minutos, Nino Paraíba lançou Lucca, que cruzou a área tentando passe para Emerson Sheik. Ao tentar cortar, Thyere acabou tocando errado e marcou gol contra. Na etapa final, o Imortal voltou melhor e deixou tudo igual logo aos 11 minutos. Após saída errada da defesa campineira, Barrios tabelou com Pedro Rocha dentro da área e mandou para o gol. A bola desviou em Naldo e tirou as chances de defesa do goleiro Aranha. Na marca dos 25, Fernandinho foi derrubado por Fernando Bob na área: pênalti. Barrios foi para a cobrança e anotou mais um, virando o placar. Na reta final do confronto, já aos 42 minutos, Ramiro ajeitou na área, e Everton tocou de cabeça para liquidar a fatura para os gaúchos.

Com este resultado, o Grêmio foi a 28 pontos e se manteve firme na segunda colocação, com a distância para o líder Corinthians caindo para oito pontos. A Ponte Preta tem 15 e está no 16º lugar.

No Estádio Olímpico, em Goiânia (GO), o duelo entre Atléticos teve o time da casa saindo na frente. Aos 23 minutos, após levantamento na área mineira, a bola sobrou para Igor, que pegou de primeira e mandou no canto esquerdo de Victor para abrir o placar. A reação do Galo veio no segundo tempo. Na marca de 11 minutos, Fred deixou tudo igual. O camisa 9 aproveitou bola levantada na área e subiu para tocar de cabeça, com estilo, e deixar o Alvinegro vivo na partida. Aos 27, os visitantes conquistaram a virada com Elias. Em contra-ataque, Alex Silva cruzou, e o meia apareceu no segundo pau para tocar de cabeça e garantir o triunfo do Galo.

O Atlético-MG foi a 20 pontos com a vitória e assumiu o nono lugar. O Atlético-GO tem oito e segue na última colocação.

Na Arena Condá, em Chapecó (SC), a Chapecoense conquistou uma vitória importantíssima em termos de classificação no campeonato. Após um primeiro tempo sem grande emoção, o jogo melhorou na etapa final e, os 17 minutos, Diego Renan cobrou falta e Túlio de Melo, que havia acabado de entrar, subiu mais do que Júnior Tavares para marcar de cabeça. Já no apagar das luzes, com o cronômetro na marca dos 46, o Verdão do Oeste matou o jogo. Júnior Tavares tentou sair jogando e perdeu a bola. Ela ficou com Lucas Marques, que bateu rasteiro, com força, no canto de Renan Ribeiro e liquidou a fatura.

A Chapecoense foi a 18 pontos com a vitória e subiu quatro posições, chegando ao 12 lugar. O São Paulo segue na zona de rebaixamento, com 12 pontos, e é o 17º colocado.

No Mineirão, em Belo Horizonte (MG), Cruzeiro e Flamengo fizeram um grande jogo. Após boas oportunidades para os dois lados no primeiro tempo, o placar só foi inaugurado na etapa final. E quem saiu na frente foi o Rubro-Negro. Aos oito minutos, Guerrero recebeu na intermediária e serviu Rodinei. O lateral cruzou para a área e achou Everton, sozinho. O meia cabeceou no cantinho e abriu o placar. A vantagem carioca durou pouco. Na marca dos 14, Sassá, que havia acabado de entrar, recebeu passe de Diogo Barbosa na entrada da área e, no primeiro toque que deu na bola, superou o goleiro Thiago para deixar tudo igual. O duelo continuou aberto, com as duas equipes buscando a vitória, mas ninguém conseguiu balançar a rede novamente.

Com este empate, o Cruzeiro foi a 21 pontos e está no sétimo lugar. O Flamengo tem 24 e é o quarto colocado.

No Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), Vasco e Santos não saíram do 0 a 0. O primeiro tempo da partida foi disputado em ritmo lento e quase não houve chances de gol. Na etapa final, o Peixe voltou disposto a não se arriscar para segurar o empate e o Cruzmaltino ensaiou uma pressão, mas não conseguiu oferecer grande perigo ao adversário.

O Vasco tem 20 pontos e está no oitavo lugar. O Santos foi a 24 e segue na terceira colocação.

Mais notícias para você

Pela Web

loading...

você pode gostar também Mais do autor

Comentários