Vasco atropela o Vitória com show dos Meninos da Colina

Pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Vitória no Estádio Barradão, em Salvador, na noite desta quarta-feira (12/07). Mesmo desfalcado de alguns titulares, o Gigante da Colina demonstrou a força do seu grupo e venceu o Rubro-Negro pelo placar de 4 a 1. Kanu, contra, Thalles, Paulo Vitor e Guilherme marcaram os gols cruzmaltinos na partida. Nunca foi tão real a frase de Cyro Aranha: “Enquanto houver um coração infantil, o Vasco será imortal”.

Com o resultado, o Almirante chegou aos 19 pontos e se aproximou da zona de classificação para a Taça Libertadores da América. O time dirigido por Milton Mendes possui a mesma pontuação do Palmeiras, atual sexto colocado, mas leva desvantagem no critério de desempate “saldo de gols”. O triunfo fez o Vasco da Gama fazer história em Salvador. O Cruzmaltino jamais havia derrotado do Vitória no Barradão.

O JOGO
Mesmo atuando longo de seus domínios, o Vasco não adotou uma postura defensiva no início da partida, muito pelo contrário, apertou a marcação e trouxe dificuldades para o sistema defensivo do Vitória. A primeira oportunidade foi criada aos sete minutos, quando Escudero cobrou escanteio e Rafael Marques cabeceou no travessão. Os donos da casa acordaram após a investida e responderam com Cleiton Xavier no lance seguinte, mas Martín Silva apareceu bem para evitar o gol. Aos 12, Yago Pikachu foi derrubado na entrada da grande área e Wagner acabou batendo a falta em cima da barreira, arrumando assim um escanteio. Na cobrança, após bate-rebate, Escudero chutou cruzado e a bola desviou em Kanu antes de morrer no fundo das redes: VASCO 1 x 0.

Demonstrando muita aplicação tática, o Gigante da Colina não relaxou depois do gol, mas viu o adversário sair mais para o jogo e começar a criar chances. Aos 24, David fez um belo lançamento e viu Carlos Eduardo finalizar para boa defesa de Martín Silva. Seis minutos mais tarde, o Vitória chegou de novo, dessa vez através de um arremate de Patric. Quando o cronômetro marcava 37 minutos, o Leão desperdiçou uma chance incrível. David escapou pela esquerda e cruzou rasteiro, na direção de André Lima. Mesmo estando debaixo da trave e sem goleiro por perto, o centroavante rubro-negro acabou mandando a bola para fora. Antes da etapa inicial chegar ao fim, aos 43, o Vitória colocou Martín Silva para trabalhar através de uma cabeçada de René.

Em desvantagem no placar, o Vitória retornou do intervalo disposto a modificar o rumo da partida. Antes do cronômetro chegar aos 10 minutos, o Leão levou perigo para a meta defendida por Martín Silva em pelo menos três oportunidades, com Yago, André Lima e Cleiton Xavier. O jogo esfriou e só voltou a esquentar aos 18 minutos, quando Kanu passou para André Lima e finalizou para outra segura intervenção do goleiro uruguaio. O Gigante da Colina chegou com perigo pela primeira vez logo na sequência. Na ocasião, Yago Pikachu cobrou falta e Fernando Miguel mandou para escanteio. Aos 25, após uma série de tentativas, o Vitória chegou ao empate com Kanu. O zagueiro testou com precisão após cruzamento para a área de Patric: Vitória 1 x 1.
O Rubro-Negro se empolgou com o gol e chegou a finalizar com perigo com Neilton, logo após igualar o marcador. Foi Vasco, porém, em rápida jogada de contra-ataque, que balançou as redes. Aos 29, Guilherme recebeu na intermediária, levantou a cabeça e deixou Thalles na cara do gol. Demonstrando frieza e qualidade, o prata da casa driblou Fernando Miguel e recolocou o Gigante da Colina na frente: VASCO 2 x 1. Nos minutos seguintes, o Vitória se lançou ao ataque em busca do empate, mas foi o Cruzmaltino que novamente marcou, em duas oportunidades, graças a estrela de dois Meninos da Colina. Aos 46, Paulo Vitor recebeu de Ramon e tocou por cima do goleiro. Três minutos depois, aos 49, Wellington tabelou com Paulinho e serviu Guilherme, que limpou a marcação e fechou a goleada: VASCO 4 x 1

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 1 x 4 VASCO DA GAMA
Campeonato Brasileiro- 13ª Rodada

Data/Horário: 
12/07/2017, às 21h45
Local: Estádio Barradão, Salvador (BA)
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI/CBF)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rio (SE/CBF) e Fábio Pereira (TO/CBF)
Cartões amarelos: Kanu, Carlos Eduardo, René e Géferson (Vitória); Thalles e Wellington (Vasco).
Gol: Kanu, contra, 13/1T (Vasco); Kanu, 23/2T (Vitória); Thalles, 29/2T (Vasco); Paulo Vitor, 46/2T (Vasco); Guilherme Costa 49/2T (Vasco).
 
VITÓRIA: Fernando Miguel, Patric, Ramon (Fred), Kanu e Géferson; Renê (Paulinho), Yago (Neílton), Carlos Eduardo e Cleiton Xavier; David e André Lima. Treinador: Alexandre Gallo
VASCO: Martín Silva, Madson, Rafael Marques, Jomar e Ramon; Jean, Wellington, Escudero (Guilherme), Wagner e Yago Pikachu (Paulinho); Thalles (Paulo Vitor). Treinador: Milton Mendes.

 

 

Mais notícias para você

Pela Web

loading...

você pode gostar também Mais do autor

Comentários