Tony Scott

Após o corpo de Tony Scott, diretor de Top Gun: Ases Indomáveis, que se suicidou no domingo, 19, ser encontrado, algumas especulações sobre o cineasta ter um tumor inoperável no cérebro, começaram a surgir.

Mas, Segundo o TMZ, a mulher do diretor negou que o marido tivesse tal patologia e afirmou aos policiais envolvidos no caso que os boatos de que Scott teria um tumor no cérebro são absolutamente falsos.

A viúva do diretor também acrescentou  que Scott não tinha nenhum outro problema médico grave que pudesse tê-lo influenciado a tirar a própria vida. Os resultados da autopsia ainda não foram divulgados e mais exames serão feitos.

Comentários