O documentário Raul Seixas: o início, o fim e o meio, deve estrear nos cinemas brasileiros no dia 17 de janeiro. Imagens de arquivo (em fotos e videos) e depoimentos de familiares, amigos e parceiros contidos na produção ajudam a explicar a enorme popularidade do saudoso roqueiro baiano.

Segundo o diretor do filme, Walter Carvalho, o documentário conta a história de um mito da cultura brasileira: “Eu sempre soube que estava fazendo um filme sobre um mito com características de provocador, libertário, questionador, anárquico… e indo atrás deste mito, descobri um artista criativo e extraordinário, comenta.

Ainda segundo o cineasta, o escritor Paulo Coelho e o roqueiro Marcelo Nova, além das ex-mulheres e filhas do “Maluco Beleza”, são os responsáveis pelos depoimentos mais importantes do longa.

Comentários