Frank Sinatra, Dizzy Gillespie, Diana Krall, Elis Regina, Chico Buarque e Elizeth Cardoso são alguns dos astros da música nacional e internacional que aparecem em “A Música Segundo Tom Jobim”, documentário dirigido por Nelson Pereira dos Santos, responsável por clássicos como “Rio 40 Graus” e “Vidas Secas”. O cineasta vem trabalhando no projeto há quatro anos. E espera lançá-lo em alguns meses.

Em entrevista concedida ao jornal O Estado de São Paulo, o diretor contou que o filme traz “todos os grandes intérpretes brasileiros e internacionais” (a exceção é João Gilberto, que não pode participar das filmagens em razão de um contrato de exclusividade com a produtora de um documentário sobre o próprio). Cada canção destacada no filme é “mostrada” em imagens de arquivo. Há inclusive uma preciosa interpretação de Judy Garland (estrela de “O Mágico de Oz”) para o clássico “Insensatez”

Esta não e a primeira vez que Nelson Pereira dos Santos se envolve num projeto com a obra do saudoso maestro e compositor brasileiro. Nos anos 80, havia dirigido a série de TV “A Música de Tom Jobim”. Na oportunidade, o diretor filmou Tom recebendo convidados como Dorival Caymmi, Radamés Gnatali, Chico Buarque, Dori Caymmi e Gal Costa em sua casa.

Após o lançamento de “A Música segundo Tom Jobim”, o cineasta retomará um novo projeto cinematográfico envolvendo o maestro. Trata-se de “Luz do Tom”, filme que mostrará três mulheres fundamentais na vida do artista: sua irmã Helena e suas duas mulheres, Thereza e Ana.

 

 

Comentários