Bono e Lula se encontram em São Paulo, antes do último show no Brasil do U2. Divulgação

(São Paulo, BR Press*) – Enquanto Bono se reunia com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ex-presidente Lula, às 17h, em São Paulo, para tratar de assuntos como cooperação estratégica, mercado financeiro e combate à pobreza, centenas de fãs que vieram de outros estados e cidades assistir aos shows do U2 na capital paulista se acotovelavam no aeroporto de Congonhas, em um dia de atrasos, filas imensas e caos – mais ou menos o que o espectador de shows no Brasil tem de enfrentar a cada saída de estádio. A falta de infra-estrutura é total.

Os passageiros estavam visivelmente irritados, passado o frisson e a expectativa para o show do grupo irlandês U2, que se apresentou no Morumbi no último sábado (09/04), domingo (10/04) e faz o show de despedida no Brasil da turnê 360º nesta quarta (13/03), também em São Paulo. Os ingressos estão esgotados.

Só imagens

A reunião, que foi uma solicitação do músico, não teve detalhes nem conteúdo revelado, mas imagina-se que Bono estivesse interessado no Fome Zero – em 2006, Bono doou ao programa uma guitarra para ser leiloada –, e em como o país conseguiu passar praticamente ileso pela crise financeira mundial. Só cinegrafistas e fotógrafos puderam fazer imagens. Eles não falaram com a imprensa.

Antenado, Bono também pediu mais transparência sobre os temas a serem discutidos na reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, marcada para começar nesta semana em Washington, EUA. Além disso, o roqueiro pediu para o ministro brasileiro levar para o debate temas como a produção de vacinas e as novas tecnologias para melhorar a produção de alimentos.

Quanto aos problemas internos do Brasil, nada foi mencionado no encontro. Afinal, Bono trabalha com uma agenda global. Ele e o U2 se encontraram com a presidente Dilma Rousseff, na última sexta-feira (08/04), no Palácio do Alvorada, também para falar sobre combate à miséria.

(*) Com informações do G1, R7 e Globonews.

 

Comentários