Na 83ª edição do Oscar, que foi realizada na noite deste domingo (27), no Teatro Kodak, em Hollywood, o Filme Discurso do Rei foi premiado com o Oscar de melhor filme, além disso o favorito Colin Firth faturou a estatueta de melhor ator por sua atuação no longa. A cerimônia contou com a ótima apresentação de  James Franco e Anne Hathaway e foi finalizada ao som de "Somewhwere over the rainbow".

 
Sem apresentar grandes supresas, a 83ª cerimônia do Oscar enalteceue confirmou todo o favoritismo de “O discurso do rei”, de Tom Hooper. Os produtores do longa receberam de ninguém menos que Steven Spielberg o prêmio mais cobiçado do cinema  mundial. A película que teve um orçamento considerado baixo para a indústria do cinema, custo de US$ 15 milhões, e tem como base fatos reais da monarquia do Reino Unido é uma produção anglo-australiana que descorre na peleja do Rei George para ter controle sobre sua gagueira. Além de levar o prêmio de melhor filme, O Discuros do Rei também faturou os prêmios de melhor direção e roteiro original, além é claro do já citado prêmio de Colin Firth como melhor ator.
 
Quem poderia estragar a festa do Rei era a  “A rede social” (“The social network”), de David Fincher, que não obeteve êxito em superar o Discurso, mas recebeu os troféus de roteiro adaptado, montagem e trilha sonora original.
 
Já o nosso representante brasileiro, “Lixo extraordinário”, de Lucy Walker, Karen Harley e João Jardim, que ambicionava a estatueta de melhor documentário em longa metragem, não conseguiu se dar bem e deixou o Brasil mais uma vez a ver navios.Quem venceu a disputa foi a produção americana “Trabalho interno”, de Charles Ferguson, já lançado comercialmente no Brasil.
 
Outra barbada que se confirmou foi Natalie Portman, que conquistou a estatueta de melhor atriz por sua atuação como uma bailarina obcecada pela perfeição em “Cisne negro” (“Black swan”), de Darren Aronofsky.
 
Outro destaque da premiação foi a vitória de “Em um mundo melhor” (Dinamarca), de Susanne Bier, como melhor filme estrangeiro. A produção estréia em terras brasileiras no dia 11 de março.
 
E como não podia deixar de ser o melhor longa de animação foi o blockbuster “Toy Story 3”, de Lee Unkrich, que consolidou a sexta vitória do estúdio Pixar desde que a categoria foi criada, em 2002.
          
 
Veja abaixo a lista de premiados até o momento:
 
Melhor direção de arte
 
“Alice no País das Maravilhas”
 
Melhor fotografia
 
 “A origem”
 
Melhor Atriz Coadjuvante
 
 Melissa Leo, por “O Vencedor”
 
Melhor curtametragem de animação
 
 “The Lost Thing”
 
Melhor longametragem de animação
 
 “Toy Story 3″
 
Melhor Roteiro Adaptado
 
 “A Rede Social”
 
Melhor Roteiro Original
 
 “O Discurso do Rei”
 
Melhor filme de língua estrangeira
 
 “In a Better World” (Dinamarca)
 
Melhor Ator Coadjuvante
 
 Christian Bale, por “O Vencedor”
 
Melhor trilha sonora original
 
 “A Rede Social” – Trent Reznor e Atticus Ross
 
Melhor mixagem de som
 “A Origem”
 
Melhor edição de som
 
 “A Origem”
 
Melhor maquiagem
 
 “O Lobisomem”
 
Melhor figurino
 
 “Alice no País das Maravilhas”
 
Melhor documentário (curtametragem)
 
 “Strangers no more”
 
Melhor curtametragem
 
“God of love”
 
Melhor documentário (longametragem)
 
“Inside Job”
 
Melhores efeitos visuais
 
“A Origem”
 
Melhor montagem
 
 “A Rede Social”
 
Melhor Canção Original
 
“We Belong Together”, de “Toy Story 3″
 
Melhor Diretor
 
Tom Hooper, por “O Discurso do Rei”
 
Melhor Atriz
 
Natalie Portman, por “Cisne Negro”
 
Melhor Ator
 
Colin Firth, por “O Discurso do Rei”
 
Melhor Filme
 
“O Discurso do Rei”

Comentários