Este ano todo mundo vai querer chegar cedo à Cidade do Rock! É cedo que começam as atrações do Palco Sunset, espaço que receberá todos os dias quatro encontros especiais entre artistas consagrados e novos nomes nacionais e internacionais de diversos gêneros.

Os shows começam às 14h45 e terminam antes das 19h para que o público possa seguir para o Palco Mundo.Criado em 2008 no Rock in Rio Lisboa, o Palco Sunset Rock in Rio já ganhou três edições (duas em Lisboa e uma em Madri). No espaço, os artistas tem total liberdade para experimentar: podem interpretar o repertório uns dos outros, convidar mais gente para o palco, soltar a criatividade. O conceito se estende aos bastidores, onde os camarins são voltados para um lounge com instrumentos com os quis se aventurar em jam sessions e improvisos que podem ser levados ao palco. Os shows são especialmente preparados para o festival. A apresentação começa a ser montada meses antes, em um trabalho artesanal que conta com a colaboração do diretor artístico do palco, Zé Ricardo. Convidado por Roberta Medina para desenvolver e implementar o Sunset Rock in Rio, ele conta com um trabalho autoral como músico e com a experiência adquirida em eventos como o Open Air 2003 e 2004, no Rio de Janeiro e em São Paulo, e o Open Air Lisboa, em 2005.

 

Confira abaixo a programação do palco:

23/09

Móveis Coloniais de Acaju + Orkestra Rumpilezz + Mariana Aydar

O encontro traz três revelações da música nacional. A brasiliense Móveis Coloniais de Acaju despontou no circuito indie com sua mistura de ska, rock, ritmos brasileiros e do leste europeu. Já a Orkestra Rumpilezz, conduzida pelo maestro Letieres Leite – também arranjador e instrumentista da banda de Ivete Sangalo –, é reconhecida como uma verdadeira ruptura nas barreiras da música instrumental percussiva. No palco, Móveis e Orkestra contarão com a paulistana Mariana Aydar, que está lançando seu terceiro disco este ano e tem como eixo temático o samba.

 

Ed Motta + Rui Veloso + convidado

Encontro entre o consagrado cantor, compositor, multiinstrumentista, arranjador e produtor Ed Motta com o pai do rock português, Rui Veloso, e um convidado ainda a ser confirmado. O encontro promete apresentar uma mistura de clássicos do rock, blues e soul.

Bebel Gilberto + Sandra de Sá

Uma é consagrada internacionalmente por sua fusão de bossa nova com elementos da música eletrônica. A outra é conhecida como a rainha do soul brasileiro. Além do talento, Bebel Gilberto e Sandra de Sá têm em comum pelo menos duas paixões: a música e o amigo Cazuza. A vontade de montar um show especial nasceu de um encontro em Jericoacoara (CE), em outubro de 2010, quando as duas interpretaram “Eu preciso dizer que te amo”, composição de Bebel, Cazuza e Dé, que fez parte do EP de estreia da cantora, lançado em 1986.

The Asteroids Galaxy Tour + convidado

Formado no verão de 2007 na Dinamarca, o grupo de pop psicodélico The Asteroids Galaxy Tour chega pela primeira vez ao Rock in Rio para uma apresentação única com um convidado ainda por definir. Grupo reverenciado por descolados do mundo inteiro, o TAGT apresentou seu disco de estreia em 2009, Fruit.

24/09

Marcelo Yuka + Cibelle + Karina Buhr + Amora Pêra

Baterista e ex-integrante da banda O Rappa, na qual foi responsável por sucessos como “A Feira”, “Minha Alma (A Paz Que eu Não Quero)” e “O Que Sobrou do Céu”, Marcelo Yuka apresenta no Palco Sunset Rock in Rio clássicos da sua ex-banda e o projeto do seu primeiro disco solo, que será lançado este ano: canções interpretadas por novas vozes femininas da música brasileira. Para isso, contará com as cantoras Cibelle, paulista radicada em Londres, a pernambucana Karina Buhr e a carioca Amora Pêra. A primeira atraiu a atenção da imprensa nacional e internacional com seu primeiro disco, Cibelle, lançado lá fora em 2003. Já Karina, que lançou seu CD de estreia, Eu Menti Pra Você, no primeiro semestre do ano passado, foi eleita a artista revelação de 2010 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), enquanto Amora despontou com o quarteto As Chicas, formado em 1996 por ela em parceria com Fernanda Gonzaga, Isadora Medella e Paula Leal.

Tulipa Ruiz + Nação Zumbi

Um dos mais novos nomes da cena paulistana, a santista Tulipa Ruiz despontou em 2010 com o seu álbum de estreia, Efêmera, eleito por críticos como um dos melhores discos do ano e apontado por alguns como um dos melhores da última década. Ela se apresenta no Rock in Rio com a banda Nação Zumbi, referência do movimento manguebeat, em um encontro das doces linhas melódicas de Tulipa com o poderosa percussão dos pernambucanos.

Milton Nascimento + Esperanza Spalding

O compositor e cantor mineiro une o poder de sua voz ao talento da contrabaixista Esperanza Spalding, sensação do jazz nos EUA que acaba de conquistar o Grammy. Ela nunca escondeu sua admiração pela música brasileira e por Milton Nascimento, que participou de seu disco mais recente Chamber Music Society (2010). O encontro promete ficar marcado pelo virtuosismo de Esperanza aliado ao poder da voz de Milton.

Mike Patton/ Mondo Cane + Orquestra Sinfônica de Heliópolis

Vocalista do Faith No More, Mike Patton apresenta pela primeira vez no Brasil seu projeto paralelo Mondo Cane, que traz releituras orquestradas de clássicos da música pop italiana dos anos 1950 e 60 como “Che Notte!”, de Fred Buscaglione, “Urlo Negro”, da banda The Blackmen, e “Deep Down”, de Ennio Morricone. No Sunset Rock in Rio, Mike Patton contará com a Sinfônica Heliópolis, orquestra formada por jovens instrumentistas da maior favela de São Paulo.

25/09

Matanza + BNegão

Prestes a lançar seu novo disco, Odiosa Natureza Humana, em março, o Matanza – grupo conhecido pela mistura de hardcore com country music – se prepara para subir ao Palco Sunset Rock in Rio acompanhado pelo rapper BNegão, que promete cantar algumas músicas da The Funk Fuckers, banda do underground carioca nos anos 90 que manteve paralelamente ao trabalho no Planet Hemp.

Korzus + The Punk Metal Allstars

Ao longo dos 28 anos de estrada, o Korzus se transformou em um dos principais nomes da história do metal brasileiro. No Rock in Rio, a banda recebe o The Punk Metal Allstars, grupo formado especialmente para o festival que reúne lendas vivas do metal e punk como East Bay Ray (guitarrista do Dead Kennedys), Michael Graves (ex-vocalista do Misfits), Gary Holt (guitarrista do Exodus) e Marcel Schmier (vocalista e baixista do Destruction).Angra + Tarja Turunen Encontro do metal melódico, o show reúne um dos grupos brasileiros mais consagrados do gênero, o Angra, e a cantora lírica profissional e ex-vocalista do Nightwish, a finlandesa Tarja Turunen. Entre os mais recentes trabalhos da banda e da artista estão, respectivamente, os discos Aqua e What Lies Beneath, ambos apresentados em 2010

Sepultura + Tambours du Bronx

Considerada banda brasileira de metal com maior repercussão internacional, o Sepultura convida ospercussionistas do Tambours du Bronx para fazer um som pesado com músicas do seu repertório. Criado em 1987, o grupo francês é formado por 17 integrantes que tocam em latões de óleo e misturam o som das latas gigantes com percussão eletrônica. A sugestão de convidar o Tambours partiu do guitarrista Andreas Kisser. Atualmente, o Sepultura prepara seu novo álbum – o 12º de estúdio, sucessor de A-Lex (2009) – e transmite as gravações ao vivo na internet.

30/09

Buraka Som Sistema + Mixhell

Responsável por dar nova roupagem ao kuduro e difundir o ritmo da periferia de Luanda nas pistas do mundo inteiro, o badaladíssimo quarteto português-angolano Buraka Som Sistema toca ao lado do Mixhell, projeto eletrônico do baterista Iggor Cavalera (ex-Sepultura) e Laima Leyton. O show marca o retorno do Buraka ao Sunset, desta vez em terras brasileiras. Em 2008, o grupo se apresentou com a funkeira brasileira Deize Tigrona na estreia do palco, no Rock in Rio Lisboa.

João Donato + Céu

Compositor, pianista e arranjador com 62 anos de carreira reverenciado por músicos de diversas gerações, João Donato revisitará o repertório do cultuado disco A Bad Donato (1970) – obra antológica carregada de funk e psicodelia em meio ao jazz e bossa nova. Ao seu lado estará Céu, uma das cantoras de MPB projetadas nos anos 2000 com mais prestígio nacional e internacional. Ela também incluirá no show canções do seu segundo e mais recente álbum, Vagarosa (2009).

Cidade Negra + Martinho da Vila + Emicida

Encontro de diferentes gerações e estilos, o show reúne no mesmo palco um consagrado compositor e cantor de samba, com mais de 40 anos de carreira, uma das mais conhecidas bandas do país, com um som que mistura reggae e música pop, e a grande revelação do hip hop brasileiro contemporâneo. Único sambista brasileiro a receber um Disco de Diamante, Martinho da Vila é um dos principais propagadores da música brasileira no exterior. Já o Cidade Negra comemora o retorno do vocalista Toni Garrido após três anos de carreira solo. Enquanto isso, o jovem rapper paulistano Emicida colhe os frutos de seus primeiros trabalhos, as mixtapes Pra quem já Mordeu um Cachorro por Comida, até que eu Cheguei Longe… (2009) e o EP Sua Mina Ouve Meu Rap Também.

Monobloco + Macaco

Consagrado por incorporar diversos ritmos e estilos musicais à batida do samba, o Monobloco é a cara do Rio de Janeiro e irá fazer as honras para o Macaco, grupo sensação da música pop espanhola, com sua fusão de sonoridades. Liderada por Dani ‘Mono Loco’, a banda lançou recentemente o disco El Vecindário (2010), onde coleciona parcerias com artistas do mundo inteiro, inclusive do Brasil, como BNegão, Nação Zumbi, Marcelo D2 e Seu Jorge

1/10

Cidadão Instigado + Júpiter Maçã

 
Projeto idealizado em 1994 pelo guitarrista e vocalista Fernando Catatau, que já trabalhou com Arnaldo Antunes, Los Hermanos, Nação Zumbi e Otto, o Cidadão Instigado teve seu terceiro álbum, Uhuuu! (2009), nas listas de melhores do ano de diversos jornais e revistas especializadas. O grupo cearense toca acompanhado por Júpiter Maçã (Jupiter Apple), músico gaúcho que virou referência no cenário alternativo.
 
Tiê + Jorge Drexler
 
Compositor e cantor uruguaio fascinado pela música brasileira, Jorge Drexler explodiu mundialmente em 2005, quando ganhou o Oscar de Melhor Canção Original com “Al Outro Lado Del Río”, do filme Diários de Motocicleta, de Walter Salles. Aplaudido por público, crítica e companheiros de profissão, Drexler canta no Rock in Rio com um dos mais promissores nomes da nova geração, Tiê. A cantora de voz delicada, aclamada pelo seu primeiro disco, Sweet Jardim (2008), lança em março seu segundo trabalho, A Coruja e o Coração, com participação de Drexler em uma das faixas.
 
Zeca Baleiro + Concha Buika
 
Compositor e cantor de humor e verve afiados, Zeca Baleiro lançou 13 discos ao longo de seus 14 anos de carreira. No festival, o maranhense, que tocou com o português Jorge Palma no Palco Sunset do Rock in Rio Lisboa 2010, se encontra com a espanhola Concha Buika. Dona de uma das vozes mais singulares da Espanha, ora suave, ora explosiva, a cantora de raízes africanas e influência americana mescla o flamenco clássico com elementos do jazz e do soul.
 
Erasmo Carlos + Arnaldo Antunes
 
O eterno tremendão Erasmo Carlos, grande ícone do rock brasileiro, tem um encontro marcado com o cantor e compositor Arnaldo Antunes. O show promete misturar o Rock’n’Roll, título do mais recente disco de Erasmo e gênero que marcou a o início da carreira da Arnaldo dentro dos Titãs, com o Iê Iê Iê, movimento que influenciou a Jovem Guarda de Erasmo e nome do álbum de Arnaldo lançado em 2009.
 
02/10
 
The Monomes + David Fonseca
 
Dois nomes revelados, respectivamente, em Portugal e na Espanha na primeira década dos anos 2000, David Fonseca e o grupo The Monomes sobem ao Palco Sunset Rock in Rio para mostrar o melhor da cena musical dos dois países, que sediam as edições internacionais do Rock in Rio. David despontou com o seu primeiro álbum solo, Sing Me Something New (2003), no qual tocava praticamente todos os instrumentos. A banda The Monomes não fica atrás: formada em 2005, na Espanha, com influências como o rock americano, conquistou o público com os trabalhos Give it an M (2007) e Sweet Champagne (2010).
 
Mutantes + Tom Zé
 
Cantor e compositor baiano fundamental para o Tropicalismo, esquecido pelo público brasileiro por cerca de duas décadas e redescoberto nos anos 1990, Tom Zé é conhecido pela originalidade de sua obra e por suas performances ao vivo. No Palco Sunset Rock in Rio, o músico se encontra com Os Mutantes, colegas do clássico LP Tropicália ou Panis et Circensis. Criada em 1966 por Arnaldo Baptista, Sérgio Dias e Rita Lee, a banda chega ao festival em uma nova formação, liderada pelo guitarrista Sérgio Dias, que em 2009 lançou seu mais recente trabalho, Haih… or Amortecedor, que traz sete composições inéditas em parceria com Tom Zé. Titãs + Xutos & Pontapés Ícone do rock brasileiro dos anos 80 e até hoje uma das bandas mais consagradas do país, os Titãs retornam ao Rock in Rio 20 anos após sua participação na segunda edição do festival muito bem acompanhados: serão os cicerones da maior banda portuguesa do gênero, Xutos & Pontapés. Assim como os brasileiros, o grupo europeu lançou ao longo das três últimas décadas uma série de sucessos e conquistou o público com a força e energia de seus shows.
 
Marcelo Camelo + Convidado
 
Vocalista do Los Hermanos, Marcelo Camelo alcançou o reconhecimento entre o público e a crítica especializada tanto por seu trabalho ao lado dos companheiros de banda – uma das mais cultuadas do Brasil – quanto por seu álbum solo, Sou (2008). O cantor e compositor, que apresenta em março seu novo disco, se prepara para receber no Palco Sunset Rock in Rio um convidado especial que será revelado nos próximos meses.

Comentários