No último domingo, a 53a. edição do Grammy Awards premiou mais de 10 artistas e compositores da EMI Music e EMI Music Publishing que, no total, ganharam mais de 20 Grammys. “Essa foi uma noite incrível para os artistas e compositores que a EMI representa com tanto orgulho. 

O sucesso deles em tantos gêneros e categorias é um reconhecimento justo do talento, paixão e comprometimento da comunidade criativa da EMI” , disse Roger Faxon, CEO do EMI Group. A premiação será reprisada hoje, às 22 horas, no canal à cabo TNT.
 
Pelo segundo ano seguido, o superstar DJ/produtor/artista da EMI Music, David Guetta foi um ganhador do Grammy, recebendo o Melhor Gravação Remixada, pelo One Love Club Remix de Revolver, da Madonna. Ano passado Guetta ganhou o prêmio na mesma categoria.
 
Lady Antebellum, da EMI, foram os grandes vencedores deste ano do Grammy Awards em Los Angeles, recebendo mais prêmios que qualquer outro concorrente. Artistas da Capitol Records Nashville, Lady Antebellum levaram para casa cinco prêmios incluindo duas das três principais categorias, Gravação do Ano e Música do Ano, assim como Melhor Performance Country por uma Dupla ou Grupo Vocal, Melhor Música Country e Melhor Álbum Country. Seu sucesso no Grammy fechou notáveis 12 meses nos quais Lady Antebellum vendeu mais de três milhões de cópias de seu álbum Need You Now nos Estados Unidos e conseguiu três singles consecutivos em primeiro lugar. O trio assinou com a EMI Music, enquanto a integrante e compositora Hillary Scott é também representada pela EMI Music Publishing.
 
Outros compositores da EMI Music Publishing, com vitórias múltiplas, incluem Jay-Z, Alicia Keys e Usher, enquanto o Arcade Fire, representado pela EMI Music Publishing fora da América do Norte, ganhou na categoria Álbum do Ano, garantindo a participação da EMI nas três principais categorias da noite. Jay-Z continuou sua incrível corrida de conquista de Grammys, ganhando três prêmios esse ano: Melhor Performance de Rap por uma Dupla ou Grupo por On The Next One, com Swizz Beatz; e dois Grammys por seu dueto com a colega compositora da EMI Music Publishing Alicia Keys, Empire State of Mind. Um dos grandes hits globais de 2010, a música ganhou Melhor Colaboração Rap/Cantada e Melhor Rap. Os compositores da EMI Ângela Hunte, Jane’t “Jnay” Sewell-Ulepic e Alexander Shuckburgh também estavam envolvidos na composição de Empire State Of Mind.
 
Usher, também representado pela EMI Music Publishing, ganhou dois Grammys, levando para casa os prêmios de Melhor Performance Vocal de R&B Masculina e Melhor Álbum de R&B Contemporâneo.
 
Nas categorias de rock, Iron Maiden, cuja associação com a EMI Music chega agora a 30 anos, ganhou na categoria Melhor Performance de Metal com Eldorado, de seu último álbum The Final Frontier.
 
Os Beatles seguiram seu bem sucedido lançamento digital no iTunes no ano passado com um Grammy por Melhor Álbum Histórico, com o box estéreo The Beatles (The Original Studio Recordings). A coleção, lançada em 2009, é composta pelos 13 álbuns de carreira e o CD duplo Past Masters. Os álbuns foram remasterizados por uma equipe de engenheiros da EMI nos estúdios Abbey Road, em Londres, durante um período de quatro anos que cuidadosamente mantiveram a autenticidade e a integridade das gravações analógicas originais. O resultado foi a maior fidelidade com o catálogo visto desde seu lançamento original. Essa é a oitava vez que a lendária banda ganhou um Grammy, tendo recebido o prêmio de Melhor Álbum em 1967, com Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band.
 
Outros compositores vencedores da EMI Music Publishing incluem Train, que ganhou o prêmio na categoria Melhor Performance Pop por uma Dupla ou Grupo Vocal.
 
E o especial Grammy Trustees Award foi dado este ano ao Presidente emérito da Blue Note Records, Bruce Lundvall. Em sua carreira de quase cinco décadas, Lundvall ganhou reputação por ser um dos grandes homens da indústria.
 
A lista completa de vencedores da EMI Music e EMI Music Publishing é a seguinte:
 
Record Of The Year
Lady Antebellum – Need You Now
 
Album Of The Year
Arcade Fire – The Suburbs (EMI Music Publishing ex-N America)
 
Song Of The Year
Lady Antebellum – Need You Now
 
Best Dance Recording
Rihanna – Only Girl In The World (co-written by EMI Music Publishing’s Stargate – Mikkel Eriksen & Tor Erik Hermansen)
 
Best Metal Performance
Iron Maiden – El Dorado
 
Best Female R&B Vocal Performance
Fantasia – Bittersweet (co-written by EMI Music Publishing writer Chuck Harmony)
 
Best Male R&B Vocal Performance
Usher – There Goes My Baby
 
Best Contemporary R&B Album
Usher – Raymond v Raymond
 
Best Rap Performance By A Duo Or Group
Jay-Z & Swizz Beatz – On To The Next One
 
Best Rap/Sung Collaboration
Jay-Z & Alicia Keys – Empire State Of Mind
 
Best Rap Song
Empire State Of Mind – co-written by Shawn Carter, Angela Hunte, Burt Keyes, Alicia Keys, Jane’t “Jnay” Sewell-Ulepic & Alexander Shuckburgh
 
Best Male Country Vocal Performance
Keith Urban – Til Summer Comes Around
 
Best Country Performance By A Duo Or Group With Vocals
Lady Antebellum – Need You Now
 
Best Country Song
Need You Now – written by Dave Haywood, Josh Kear, Charles Kelley and Hillary Scott, recorded by Lady Antebellum
 
Best Country Album
Lady Antebellum – Need You Now
 
Best Rock Or Rap Gospel Album
Switchfoot – Hello Hurricane
 
Best Traditional Gospel Album
Patty Griffin- Downtown Church
 
Best Norteño Album
Intocable – Classic (co-published by EMI Music Publishing)
 
Best Historical Album
The Beatles – The Original Studio Recordings
 
Producer Of The Year, Non-Classical
Danger Mouse
 
Best Remixed Recording, Non-Classical
David Guetta – David Guetta’s One Love Club Remix of Revolver by Madonna
 
2011 Grammy Trustees Award
Bruce Lundvall

Comentários