<img align="left" alt="" src="http://vistolivre.com.br/images/stories/chicoxav.jpg" />
&nbsp;
<span class="Apple-style-span" style="line-height: 13px; ">Depois do sucesso nas salas de exibi&ccedil;&atilde;o do pa&iacute;s, a trajet&oacute;ria do m&eacute;dium mais famoso do pa&iacute;s chega &agrave; TV. Entre os dias 25 e 28 de janeiro, os telespectadores v&atilde;o poder conferir </span><span class="Apple-style-span" style="line-height: 13px; "><i>Chico Xavier</i></span><span class="Apple-style-span" style="line-height: 13px; ">, a micross&eacute;rie dirigida por Daniel Filho, que vai mostrar fatos reais que aconteceram ao longo dos 92 anos de vida do mineiro nascido em Pedro Leopoldo.</span>
&nbsp;

Baseada no livro As Vidas de Chico Xavier, do jornalista Marcel Souto Maior, a atração é uma extensão do filme Chico Xavier, lançado nos cinemas em abril de 2010. A microssérie traz cenas inéditas, novos personagens e um elenco formado por nomes como Nelson Xavier, Ângelo Antonio, Tony Ramos, Christiane Torloni, Giulia Gam, entre outros.  
Serão quatro episódios, que vão ao ar logo após o ‘Big Brother Brasil’, com uma hora a mais de conteúdo no total do que o filme.  A produção contou com 135 atores e cerca de 90 locações. A minissérie mostra detalhes da infância de Francisco de Paula Cândido, quando começava a ter suas primeiras manifestações mediúnicas, vendo e ouvindo espíritos, incluindo o de sua mãe, já desencarnada. Ainda menino (Matheus Costa), Chico sofria nas mãos de uma madrinha (Giulia Gam), que o maltratava.
Na idade adulta (Ângelo Antonio) é apresentado à Doutrina Espírita e passa a ajudar pessoas doentes ou que perderam entes queridos, sempre sob a orientação de Emmanuel (André Dias), seu guia espiritual. Chico Xavier trabalha incessantemente, psicografando os livros que lhe eram ditados pelos espíritos e doando sua vida pelo bem do próximo.
Ele muda de Pedro Leopoldo para Uberaba e abre a Casa da Prece. Com o passar dos anos, cercado por dúvidas, sua fama ultrapassa as fronteiras de Minas Gerais e passa a ser uma polêmica nacional. Mais velho (Nelson Xavier), participa de um debate ao vivo, no programa ‘Pinga-Fogo’, onde sua mediunidade é colocada à prova tendo como plateia milhares de telespectadores. Nos bastidores, o diretor da atração, Orlando (Tony Ramos), vive um drama pessoal com sua esposa (Christiane Torloni) por conta da morte de seu filho. Uma carta entregue a ele por Chico Xavier muda os rumos de um julgamento.         

Comentários