Mais um tributo incentivado pelo centenário do nascimento do artista, o álbum “Universidade da Vila” (Discobertas) traz regravações inéditas de clássicos de Noel Rosa. O produtor Marcelo Fróes reuniu para o projeto nomes como Joyce Moreno, Isabella Taviani, Ivan Lins, Zélia Duncan, Jorge Vercillo e Moska. E entre os doze sucessos selecionados para a obra, aparecem “Rapaz Folgado”, “Três Apitos”, “Feitiço na Vila”, “Palpite Infeliz” e “Conversa de Botequim”. A produção musical é assinada por Clemente Magalhães.

O título do CD (“Universidade da Vila”) foi escolhido para comemorar também os 60 anos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Um texto no encarte, assinado pelo professor Luiz Ricardo Leitão, autor da biografia “Noel Rosa: Poeta da Vila, Cronista do Brasil”, explica a homenagem: “Ainda que o Poeta da Vila tenha abandonado bem cedo seu curso de Medicina, optando por abraçar a carreira do samba – ofício que, segundo ele, ‘não se aprende na escola’ -, a homenagem que a esfera acadêmica lhe rende é mais do que justa e oportuna. Parafraseando o genial poeta Mário de Andrade (que dizia não ser apenas um, mas trezentos), não seria exagero afirmar que Noel também se tornou único pelos múltiplos e multifacetados matizes que sua arte possui”.

 

Comentários