No sábado, dia 13 de novembro, em comemoração ao mês da consciência negra, a banda Dughettu promove uma noite especial no Viaduto Negrão de Lima, o tradicional Viaduto de Madureira. O show vai contar com as participações do ator e rapper André Ramiro e do grupo feminino Linda Flor, formado por Roberta Rodrigues, Cíntia Rosa, Sabrina Rosa e Roberta Santiago. Além das atrações musicais, o evento ainda vai prestar uma homenagem ao José Junior, criador do Afroreggae, ao artista plástico Vik Muniz, ao cenógrafo Gringo Cárdia e ao prefeito Eduardo Paes.


O local também vai abrigar uma exposição de painéis fotográficos dos ‘personagens’ que freqüentam o Viaduto feitos por Vik Muniz para o Back2Black, evento que aconteceu em agosto na Estação Leopoldina – a exposição ficará no Viaduto durante todo mês de novembro.

André Ramiro, mais conhecido por seu trabalho de ator do filme “Tropa de Elite I e II”, vai mostrar seu outro lado e atacar de MC. André já teve seu reconhecimento como rapper , quando ganhou no Rio de Janeiro,em 2007, a Liga dos MCs e participou do VMB, na MTV. Também lançou um disco, o Crônicas do Rato Careta, em 2008.

As meninas do grupo feminino Linda Flor interpretam, dançam, cantam e produzem. Não se consideram cantoras nem atrizes, mas sim artistas.

As irmãs Cíntia e Sabrina Rosa foram as primeiras a chegar ao grupo teatral Nós do Morro, no Vidigal. Tinham 8 e 9 anos, respectivamente. Vinte e dois anos depois, a experiência e a convivência com o projeto fizeram toda a diferença na hora de seguirem suas carreiras. Assim como a dupla Roberta Rodrigues e Roberta Santiago, que já estava na adolescência quando entrou para o projeto. No ‘Nós do Morro’, o quarteto realizou diversas peças, para seguir, em diferentes períodos, para a televisão, o cinema e a música. Atualmente, com idades que variam entre 28 e 31 anos, elas traçam um caminho independente do grupo teatral, embora não tenha havido nenhum rompimento nem divergências. ”A gente agora quer praticar o que aprendeu”, define Cíntia Rosa.

Já a banda Dughettu é formada pelo cantor e compositor Marcello Silva e pelo DJ Nino que arrebenta nos scratches. A questão básica da Dughettu é “Como pode um peixe vivo viver fora da água fria?” , ou seja, como podemos, nós, peixes vivos, cardume total, vivermos fora da água fria?! Que água quente, infernal, suja é essa que estamos mergulhados?! Aonde vamos nos refrescar?! Tem algo de errado!! Tem algo de errado e não é de hoje. Outras artes e artistas também já gritaram o mesmo discurso da Dughettu. Mas tem algo de errado que precisa sempre ser dito e a Dughettu vem pra dizer. Dughettu é questão e questionamento.

 

Serviço: Noite da Consciência Negra no Viaduto de Madureira

 

Show com a banda Dughettu l Participações especiais: André Ramiro e Linda Flor

 

Dia: 13 de novembro (sábado)

 

Local: Viaduto de Madureira – Rua Alceu Faria Castro, S/Nº – Madureira

 

Horário: 22h

 

Ingressos: R$ 10

 

Capacidade: 8.000 pessoas

Comentários